Notícias

Primeiro leilão da Lava Jato no Rio de Janeiro vende apenas um relógio

Primeiro leilão da Lava Jato no Rio de Janeiro vende apenas um relógio

primeiro leilão de bens apreendidos na Operação Lava Jato no Rio de Janeiro, realizado hoje (3) vendeu apenas um relógio de pulso. Os demais bens, incluindo apartamentos, não foram arrematados e serão ofertados no próximo certame, no dia 11, com desconto de 20%.

As estrelas do leilão, uma mansão do ex-governador Sérgio Cabral em Mangaratiba, avaliada em R$ 8 milhões; e o iate dele, por R$ 4 milhões, foram retirados do certame atendendo a um recurso de sua defesa.O relógio arrematado nesta terça-feira, da marca suíça Tissot, tinha preço mínimo de R$ 1,3 mil e só recebeu um lance.

No próximo leilão, serão ofertados três apartamentos na Barra da Tijuca, de frente para o mar, a preços mínimos entre R$ 4,3 milhões e R$ 2,8 milhões. Também serão vendidos carros blindados e outros veículos, com preços de até R$ 192 mil, pertencentes a ex-assessores e secretários de Cabral envolvidos na Lava Jato.

Vários relógios importados, com valores mínimos de até R$ 11,2 mil, também serão oferecidos. Os itens podem ser vistos no endereço eletrônico www.rioleiloes.com.br, onde também é possível se cadastrar para participar do leilão pela internet.

@língua

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar