NotíciasPolítica

Reforma administrativa da Câmara de Petrolina: Eu quero é o aromatizador e o café com leite de volta

...e se o vereador desse uma "caganeira", em hora que não tivesse o tal papel ?

Nós  do Blog A língua, parecemos chatos em ter sempre que voltar e falar de Câmara, de prefeitura, de prefeito e vereadores, mas como não falar? Eles tem feito coisas que se fosse enumerar, gente, seria absurdo tanta  coisa a escrever.

Nós fomos o primeiro blog a falar da tal reforma administrativa , que hoje foi votada na Casa de Leis. E voltamos a dizer:  a reforma administrativa do legislativo municipal em Petrolina, é um engôdo!

Você quer a verdade? Os vereadores, não estão nem aí e nem chegando para nós, seus verdadeiros patrões. Essa conversinha de que estamos tentando fazer tudo dentro da forma da Lei, é  brincadeira de criança, e lá dentro, estão preocupados é com os cargos que vão sobrar para cada vereador, para cada gabinete!

Quer outra verdade? Na bancada de situação, não existe união, é cada por si e Deus por todos! Há o grupo que concorda com a tese do presidente, e o outro grupo que discorda dele na maior cara dura, e eles são da mesma bancada! Era para ser diferente.

Mas graças a Deus, que lá na Casa existem os coerentes, e não citaremos nomes para não inflamar mais. Essa “estória” sobre reestruturação administrativa mediante a criação, extinção ou transformação de cargos de provimento em comissão e funções gratificadas no âmbito da Câmara Municipal de Petrolina e dá outras providências, fica bonito só no papel. As farpas e  as discordâncias, chegam ao plenário da Casa Plínio Amorim, apenas com 10% da pressão que nos bastidores é exercida.

O Tribunal de Contas, pediu que a Mesa diretora revisasse as contas da Casa, que estão acima do limite de prudencia. No entanto, o que foi feito, foram cortes em áreas que só atingiam os vereadores. Eles é que perderam e perderam muito! Combustível foi cortado, leite, o famoso Bom Ar, aromatizador que deixava a Casa menos fedida,e até papel higiênico foi regrado! E se o vereador desse uma “caganeira”, em hora que não tivesse o tal papel ? Queria era ver! Se limparia com a gravata?

É necessária a Reforma? É sim! No entanto, que seja feita do modo certo, não apertando apenas uns, em detrimento de outros! Pronto escrevi!

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar