Notícias

Residencial Cacheado e residenciais: a diferença da boa estrutura diante dos asfaltos ruins em Petrolina

Antes, bastava uma pequena chuva, que a antiga invasão virava um lugar de dores, de perca de móveis de percas até de vidas devido as inundações que eram frequentes em período chuvoso. Assim como o Cacheado, os residenciais que foram entregues em Petrolina, ofereceram aos seus moradores um lugar de tranquilidade em se tratando do medo das chuvas. O medo já não existe quando o assunto é chuva.

Com um projeto de urbanização arrojado  que contemplou a construção de um trecho do Canal, drenagem, energia elétrica e a pavimentação das ruas principais, além da construção de uma AME –  unidade de saúde de Atendimento Multiprofissional Especializado e de uma praça, o bairro do Cacheado que sempre viveu uma dura realidade com as chuvas dos meses de  novembro e dezembro, hoje, aquela realidade é coisa do passado.

Em uma parceria fechada com o Governo Federal, a Caixa Econômica, o Programa Minha Casa, Minha Vida, Ministério das Cidades e a Secretaria de Habitação de Petrolina, em 2016, os moradores do bairro, puderam comtemplar o que é um serviço bem feito através de uma engenharia competente.

Cacheado – Blog do Waldiney PassosAntes, bastava uma pequena chuva, que a antiga invasão virava um lugar de dores, de perca de móveis de percas até de vidas devido as inundações que eram frequentes em período chuvoso. Assim como o Cacheado, os residenciais que foram entregues em Petrolina, ofereceram aos seus moradores um lugar de tranquilidade em se tratando do medo das chuvas. O medo já não existe quando o assunto é chuva.

Diferente do que vimos nessa segunda-feira em alguns bairros de Petrolina, onde os asfaltos que foram instalados nas ruas da periferia, mostraram as falhas de engenharia: asfaltos sendo levados pelas chuvas, mais alto que calçadas, água invadindo e inundando casas, moradores desesperados e tendo que levantar móveis para não perdê-los, enfim, a diferença entre um  projeto e outro demonstra o que é um bom serviço.

Não basta apenas asfaltar uma rua, é preciso ter engenharia competente. Não basta fazer rotatória, se elas serão levadas ou inundadas pelas águas da chuva. Falta boa engenharia, e engenharia com especialidade.

O bairro do Cacheado virou um bom exemplo. Passe lá e pergunte como era e, hoje como está! Vitória de um povo que pediu, que reivindicou e conseguiu aquilo de melhor há: um lugar decente para viver e cuidar da família. Palmas para o bairro Cacheado e seus moradores..

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar