Notícias

Ronaldo Cancão diz que respeita Lucinha Mota mas, que é preciso respeitar o Poder Legislativo

Respeitamos os sentimentos, no entanto, para lei, é preciso respeitar os poderes constituídos.

Depois que o vereador Alvorlande Cruz fez o pedido para que Lucinha Mota viesse ao Plenário da Câmara de vereadores para usar a tribuna, logo após o advogado de Allinson Henrique, Wank Medrado ter feito discurso em favor de seu cliente, um mal-estar se instalou na Casa.

É que mesmo após o vereador ter feito o tal pedido, o também Edil Ronaldo Cancão que presidia a sessão, disse um “não”redundante, e falou que tudo precisa ser oficializado.

Em conversa com esse blogueiro, Ronaldo Cancão explicou a situação.

Ele disse que respeita a dor da mãe, Lucinha Mota mas, que é preciso colocar as coisas em seu devido lugar. Segundo ele, Lucinha já foi ouvida por duas vezes na Casa. O advogado, fez o pedido para esclarecer e tirar dúvidas quanto ao caso que atingiu diretamente seu cliente.

O advogado, entre outras afirmações, esclareceu que o seu cliente, não é procurado, não está foragido, não tem mandado de prisão contra ele e que foi execrado pelas redes sociais, sem dever ou ter culpa no caso. Segundo ele, o seu cliente, foi apenas prestar um favor ao Colégio Maria Auxiliadora naquela noite fatídica.

Para o vereador Ronaldo Cancão, a forma de protesto que Lucinha Mota usou na última terça-feira,8, em frente à Câmara, foi uma estratégia errada: Ela deveria ter entrado na Casa, ouvido o advogado, e se fosse o caso, pedisse para falar, que com certeza iríamos conceder. No entanto, trouxe carro de som, fez um estardalhaço, desrespeitou o colegiado, e por fim, não teve a ressonância que era para ter. Para terminar, é preciso lembrar que toda a Casa foi solidária e continua sendo com Lucinha Mota.Respeitamos os sentimentos, no entanto, para lei, é preciso respeitar os poderes constituídos, disse.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar