Notícias

Ruy Wanderley manda recado:”Não baseio minha liderança pelo que dizem os puxa-sacos do prefeito”

Quem vai à Casa Plínio Amorim sempre ouve muita coisa. ultimamente, para surpresa de todos, o vereador Ruy Wanderley que é líder de situação de Miguel Coelho, tem se esquivado de falar e tem deixado muitos dos seus colegas se expressarem à vontade. Mas deu! chegou no limite!

A imprensa cogitou por várias vezes que os seus colegas estavam tramando para derrubá-lo e tirá-lo da frente da liderança , já que alguns  deles acham que Ruy Wanderley é um homem pacato e que não gosta de embates. Hoje , nesta quinta -feira, 19,  na sessão ordinária, para o líder de situação foi o “different day”. E a coisa azedou.

“Não baseio minha liderança pelo que dizem os puxa-sacos do prefeito”, assim começou Ruy a falar na tribuna. E foi mais além. ” Sou do tipo que ouço, avalio, mas, não aceito ser taxado por palavras levianas, e quero dizer que respeito a todos, mas não aceito que por minhas costas me traiam. Estou com o grupo de Fernando Bezerra desde 1986, tenho respeito do grupo,não por ser puxa-saco, mas por  ter sempre a lealdade como pauta maior em minha carreira política. Volto a dizer:Não baseio minha liderança pelo que dizem os puxa-sacos do prefeito”, desabafou o líder.

Um recado bem dado para aqueles que tentam tirá-lo do que ele conquistou com seus méritos. Resta saber em quem a carapuça vai cair. Será nos amigos de colegiado? Será nos assessores que rondam a Câmara para espionar os vereadores? Será para assessores de vereadores que escutam e levam as mensagens para seus chefes? Vai saber! Só sei que o homem tava bravo demais. Quase que vimos o sangue de Carnaubeira da penha  e Floresta jorrarem pelo chão da Casa Plínio Amorim.

*Carnaubeira da Penha e Floresta são cidades pernambucanas. O vereador é natural da Região.

Por Cauby Fernandes

@língua

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar