Política

Secretaria da Agricultura de Pernambuco está sucateada

Por Cauby Fernandes

As instituições orgânicas da Secretaria da Agricultura estão sucateadas! Essa foi uma verdade constatada ao visitar a sede da secretaria . O governo pernambucano esqueceu de uma das pastas mais importantes do seu governo: a secretaria de Agricultura. O fato é que do jeito que como tem sido tratada a secretaria pelo governo estadual, o preço a pagar é alto e, tal comportamento tem  afetado não  só o Agronegócio do Estado de Pernambuco, mas diversos setores.

Vale salientar que os órgãos de tal secretaria não só demarcam e distribuem terras, mas desenvolvem novas tecnologias e novos insumos que permitem o aumento da produtividade e produção agrícola. Porém, está esquecida, abandonada, e o sucateamento tem sufocado boa parte dos funcionários.

Esses órgãos , fazem a “vigilância” agropecuária, atuando diretamente no controle de qualidade dos alimentos: ausência e presença de agrotôxicos em produtos orgânicos, quantidade permitida de agrotóxicos em alimentos nos mercados e feiras, qualidade de leite e derivados, carne e ovos, sem falar no controle de cargas vegetais e animais que possam carrear doenças pra dentro do estado.

São serviços afetados pelo sucateamento e que são de INTERESSE DIRETO da população. O sucateamento é visto no estado de abandono dos veículos, suas edificações, condições de trabalho e nos baixos salários dos profissionais.

Esse é o modelo de administração do PSB e Afins. Está na hora do governo olhar com mais serenidade para uma pasta de suma importancia para o Estado. Com a palavra, o governador.

Tags

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar