NotíciasPolítica

Situação de Lucas Ramos é ruim! PSB fortalece Odacy Amorim e mira na eleição 2020

Experiencia e capital eleitoral fazem diferença para Odacy Amorim em relação a Lucas Ramos

Lucas Ramos , filho de Ranilson Ramos, aquele que quase morreu politicamente por causa de Fernando Bezerra, e que  foi ressuscitado por Eduardo Campos quando lhe entregou pastas importantes e o colocou como conselheiro do TCE em Pernambuco, vive momentos tensos em relação ao sonho de ver seu filho comandar Petrolina.

Ranilson Ramos  foi Diretor Comercial do LAFEPE (2003-2004), foi Coordenador de Programas de Desenvolvimento Tecnológico do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) (2005), foi também Presidente da Agência Reguladora de Pernambuco (2007-2010),  e por último, Secretário de Agricultura e Reforma Agrária do Estado  (2010-2013). Percebam que ele ocupou sempre cargos importantes depois que abraçou o falecido Campos, e por conta  disso permaneceu forte politicamente.

No entanto, os tempos são outros, e o governador Paulo Câmara, não tem a mesma visão de Eduardo Campos. Mirando 2020 no interior, e na maior cidade do Sertão, Câmara quer aumentar seu capital eleitoral nas bases distantes da RMR (Região Metropolitana do Recife).

Para isso, e vendo que é possível derrotar o grupo de Fernando Bezerra em Petrolina, o governador convidou Odacy Amorim, que infelizmente não conseguiu se eleger como deputado Federal, mas que provou que seus eleitores em Petrolina continuam aprovando quem ele é, e sua maneira de se portar como político.

O capital eleitoral de Odacy Amorim é alto na cidade. Frustrando os planos do ainda neófito Lucas Ramos de ser prefeito de Petrolina, Odacy Amorim recebeu do governador, um presente de valor inestimável: o IPA. Importante pasta do governo que tem braços articulados em todo o Estado de Pernambuco.

Sem dúvidas, isso enfraqueceu os planos de Lucas e seu pai, Ranilson Ramos. Vale lembrar que Odacy Amorim é respeitado, e pode sim, desbancar o prefeito Miguel Coelho nas próximas eleições. Não podemos esquecer também que nessa disputa, também estará presente outro campeão de votos na cidade: Julio Lossio, que também vem com a faca nos dentes e prometendo retomar a prefeitura de Petrolina. Com uma gestão sem ter boa avaliação ( ele é bom apenas na rede social), Miguel Coelho, vai ter que fazer milagres para não perder uma prefeitura que gerencia R$ 890 milhões anuais.

Os tempos são outros e a engenhoca pode “moer” a favor de Odacy Amorim. Agora, é tudo novidade.Vamos em frente.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Fechar
Fechar