Notícias

Sobrou até pro garçom! Temer demitiu funcionário por desconfiança

Quem não conhecia
,conhecerá  Espólio
 José da Silva Catalão, o garçom presidencial.
Ele foi demitido por Michel Temer
após o afastamento de Dilma, Catalão, atendia a presidente Dilma Rousseff, no
Planalto. Mas ele não ficou desempregado, e rapidamente foi contratado por
Kátia Abreu (PMDB-TO). Ele que é excelente no seu serviço trabalhará em seu
gabinete no Senado.  
Catalão
foi exonerado pela equipe do presidente interino na troca de governo. Ele  chegou a pedir para ser realocado na copa de
outro andar do Palácio do Planalto, mas a solicitação foi recusada e a  demissão logo virou instrumento de guerra
política.
O PT acusou Temer de ser “mesquinho” e de
demitir sem razão um funcionário antigo, que ganhava R$ 3.870. O governo
reagiu dizendo que  desconfiava  que o profissional estivesse  passando informações para a ex-chefe de reuniões
internas
Por Cauby Fernandes

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar