Notícias

Superintendente da Codevasf viaja para ato político de FBC com dinheiro público

O que é inaceitável, é usar verba pública para fazer viagens políticos-partidárias. O dinheiro usado para a viagem era do povo, erário público. Aurivalter, embarcou em um automóvel da Companhia, saindo de Petrolina rumo ao município de Afogados da ingazeira no dia 27 de setembro,data que antecedia o evento promovido por Fernando Bezerra e pelo MDB na cidade.

No dia 27 de setembro, pouco antes do ato político que Fernando Bezerra faria visando filiações e  novas adesões ao MDB no estado, o superintendente da Codevasf em Petrolina, Aurivalter Cordeiro, se dispôs a fazer uma viagem de  fiscalização justamente nas datas coincidentes ao evento na mesma cidade: Afogados da ingazeira.

Até aí tudo bem. No entanto, como todos sabem, o superintendente é cargo indicado pelo senador, por essa razão, ele aproveitou  viagem, para em pleno sábado, participar do ato de filiação do ex-prefeito de Afogados da Ingazeira, Totonho Valadares, lideranças dos Sertões do Pajeú e do Moxotó que também ingressaram na legenda. Até aí, tudo bem também.

O que é inaceitável, é usar verba pública para fazer viagens políticos-partidárias. O dinheiro usado para a viagem era do povo, erário público. Aurivalter, embarcou em um automóvel da Companhia, saindo de Petrolina rumo ao município de Afogados da ingazeira no dia 27 de setembro,data que antecedia o evento promovido por Fernando Bezerra e pelo MDB na cidade.

O ato de viajar para fazer fiscalização é comum e não teria nenhum destaque em relação às práticas, não fosse um detalhe: houve desvio de finalidade e foi bancado com dinheiro público.

A viagem feita pelo pelo superintendente custou R$ 706,40 para  ida e volta, entre Petrolina e Afogados da Ingazeira. O problema não é o valor, se alto ou se baixo. É de onde vem o recurso, nesse caso vem dos cofres públicos usado para outros fins. Confira ordem:

Artigos relacionados

2 pensamentos “Superintendente da Codevasf viaja para ato político de FBC com dinheiro público”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar