EconomiaPolítica

TCU aprova privatização da Eletrobras por 7 a 1

A decisão dá passe livre para o governo abrir mão de controlar a maior empresa de energia da América Latina

O TCU (Tribunal de Contas da União) aprovou o processo de privatização da Eletrobras por 7 votos a 1 no julgamento desta quarta-feira (18). A decisão dá passe livre para o governo abrir mão de controlar a maior empresa de energia da América Latina.

O resultado do julgamento é uma vitória do ministro Paulo Guedes (Economia), que agora tem caminho aberto para executar a privatização de uma empresa inteira antes do fim do mandato de Jair Bolsonaro (PL). O desafio agora é fazer a operação mesmo com as condições adversas no mercado.

“Trata-se de um dia histórico para o Brasil. O MME [Ministério de Minas e Energia] permanece comprometido em cumprir, de forma diligente e tempestiva, as próximas etapas do processo”, afirmou em rede social Adolfo Sachsida, ministro do MME.

Votaram favoravelmente ao processo o relator Aroldo Cedraz e os ministros Benjamin Zymler, Bruno Dantas, Augusto Nardes, Jorge Oliveira, Antonio Anastasia e Walton Alencar Rodrigues. O ministro Vital do Rêgo Filho votou contra.

Tags

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar