Notícias

Titulo de Cidadão petrolinense para Moro não foi coisa séria, foi pirraça de Ronaldo Silva para afrontar o PT

Vereador faz balanço de ações da Câmara de Petrolina

O vereador Paulo Valgueiro em entrevista para os Radialistas Cauby Fernandes e Vinicius de Santana na Ponte Fm, falou duramente sobre os primeiros seis na Casa Plínio Amorim. Segundo Valgueiro, a bancada de Oposição apesar de ser em  menor número, prestou relevante serviço, e de um modo geral exerceu excelente papel.

Quanto ao restante, o vereador disse que muito do que foi passado na Câmara de vereadores,  ficou apenas no papel. O vereador criticou a Taxa de Iluminação Pública, bem como reclamou sobre entregar para uma empresa privada o gerenciamento da nova Taxa. Paulo Valgueiro lembrou que muitas empresas deixarão de vir para o município devido aos altos valores que serão cobrados com a taxa.

Valgueiro ao falar sobre seriedade na Casa, lembrou o caso do Título de Cidadão que foi aprovado para Moro. Segundo o vereador, a honraria que o vereador Ronaldo Silva indicou ao ministro da Justiça, foi birra, foi brincadeira. ” Tem coisas na Câmara que é motivo de Vergonha. Ronaldo fez isso para pirraçar os vereadores do PT, e o que foi feito não teve seriedade. Foi somete para afrontar”, disse.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Fechar
Fechar