Notícias

Vacina contra o Coronavírus chega em setembro, dizem cientistas

Já realizando testes em humanos, cientistas da universidade de Oxford, no reino unido, acreditam que as primeiras milhões de doses da vacina contra o novo coronavírus podem estar disponíveis até setembro.
Produzida a partir de uma versão enfraquecida de um vírus do resfriado comum, a preventiva é chamada de Chadox1 Ncov-19. A vacina foi criada a partir de um material genético do coronavírus que produz proteínas encontradas na superfície da Covid-19 – Proteínas Spike.

Até o momento, foram 550 pessoas que receberam a vacina, e 550 que receberam um placebo. Dentre essas, 320 ficaram seguras e tiveram boa tolerância, apesar dos efeitos colaterais temporários, como dor de cabeça, dor no braço e mudanças de temperatura.

A velocidade na chegada da vacina estimada pelos cientistas de Oxford vem de trabalhos anteriores sobre inoculações para outros vírus, incluindo o coronavírus causador da Mers. Em maio, os cientistas da universidade britânica vão iniciar um estudo com fases 1 e 2, que vai envolver 5 mil pessoas.
Um grupo será controlado com os tratamentos e outro será vacinado. A partir disso, os resultados entre ambos serão comparados.

”se a transmissão continuar alta, podemos obter dados suficientes em alguns meses para ver se a vacina funciona, mas se os níveis de transmissão caírem, isso pode levar até seis meses”, disseram os pesquisadores.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar