Notícias

Vereadores expõe Câmara de Petrolina ao rejeitar projeto que inclui LGBT no Conselho da Mulher

Religião tem sido o maior entrave

Não é de hoje que discussões quentes são debatidas com vigor na Câmara de Petrolina quando o assunto é diversidade.No entanto, a ‘pecha” de Câmara arcaica, tem se repetido em tom mais acentuado. Tudo isso, por que alguns vereadores,não se dobram , ou não querem entender que o mundo está vivendo uma nova realidade.

Por causa do Projeto de Lei que inclui uma mulher LGBT no Conselho Municipal das Mulheres, alguns vereadores, ofenderam, e se sentiram ofendidos na manhã desssa quinta,9. Eles não aceitaram que uma mulher lésbica faça parte do Conselho, e por conta disso, rejeitaram a emenda aditiva do vereador Gilmar Santos ao Projeto de Lei que leva a assinatura da vereadora Maria Elena, por 8 votos a 5.

A falta de sensibilidade, visível em alguns vereadores, nos remetem ao tempo dos senhores feudais, que por se acharem melhores como pessoas, faziam boas almas sofrerem agruras infindas. É inadmissível que homens que representam a comunidade, se fechem para alguns assuntos importantes. E, sem achismos, o assunto mais importante em qualquer época é: GENTE!.

Ao rejeitar o projeto de inclusão de uma mulher LGBT no Conselho Municipal das Mulheres de Petrolina, só pelo fato dela se declarar lésbica, nos deixa entristecidos.Será que ela deixou de ser mulher? Será que uma mulher Trans, só pelo fato dela não ter nascido com o órgão feminino, a torna menos importante do que uma mulher que possui o tal órgão ? Há que se repensar. E não apenas pensar pelo modo da religião.Pensar como gente que possui um mínimo de empatia pensaria.

Não se trata de gênero, cor ou seja lá o que for! Trata-se de valores, de pessoas, de um ser humano, que acima de tudo quer ser respeitado.Então não nos venham com a velha história da Bíblia diz assim, ou diz assado. É preciso não expor ao ridículo uma Câmara que já é ridicularizada em certos aspectos.

Nessa sexta-feira, às pressas, uma reunião com os vereadores da situação e o prefeito Miguel Coelho foi realizada para justamente colocar cada sujeito no seu devido lugar.É bom cada um avaliar suas posições, por que o fogo da campanha já está ardendo, e os formadores de opinião observam as coisas no mínimo detalhe.

Repensar é a saída.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar