Notícias

Vereadores petrolinenses pensam pequeno

Resultado de imagem para cérebro pequeno

O assunto que permeia o cenário politico em Pernambuco, é a eleição de 2018. Todos se preparam para a corrida de eleição  para uns e reeleição para outros.  Petrolina, no entanto, vive  em estado de letargia politica , onde todos esperam as indicações dos grandes caciques e, enquanto primeira peça não for movida, nada acontece. Esse poder está nas mãos de duas ou quatro pessoas. Petrolina tem vereadores e uma Câmara sem vocação para ser grande. Por  duas décadas, Petrolina forma as piores legislaturas  de sua história. Me lembro dos vereadores , de cada uma de suas faces e, me dá uma angustia, por querer achar neles algo realmente novo, particular.Esse modo piloto automático que a cidade vive, as vezes nos deixa constrangido. Parece até que nada está acontecendo ao redor da cidade. Todos em Stand by.

Se você leitor, parar um pouco, verá que os vereadores de Petrolina, (salvo alguns) são todos iguais. Quando falo igual, falo do modo de encarar a politica local. Provincianos, adoram um senhorio, gostam de ser mandados, não tem um assunto que pulse deles, é sempre advindo de outras mentes, que por eles pensam. Se você tratar de um assunto mais profundo, poderá se decepcionar. As respostas são sempre prontas, não existe uma peculiaridade no responder das questões. São ruins de parlatório.

Alguns se acham mestres de oratória, e saem falando LÉ com CRÉ, e depois se percebe que nada falou. Bom, vamos assunto. Os vereadores de Petrolina pensam pequeno. Pensam pequeno , por que vivem à sombra de uma  indicação, quando poderiam bater o  pé, e dizer: Tive tantos votos, minha meritocracia fala por mim.Portanto eu sou o candidato, com recursos ou não.

Pensam pequeno , pelo fato de não balbuciar diante dos chefes palavras de ordem que os façam ter notoriedade.

Pensam pequeno, por que se tornaram apenas cabos eleitorais, cumprindo apenas missões exíguas.

Pensam pequeno, por que não exigem estar à mesa para participar das conversas altas, que poderiam levá-los a outro patamar.

Pensam pequeno , por que não  buscam por informação do que acontece no mundo, apenas olham para o umbigo, e em ter dinheiro para manter  suas vidas intactas.

Pensam pequeno, por que não se atrevem, não se arriscam.

Pensam pequeno, por que olham  a imprensa como sua inimiga, e fazem dela apenas um meio de aparecer ao grande público.

pensam pequeno, por sempre baixar a cabeça e tremer de medo , quando os grandes chefes dão um grito para que se calem.

Converse com um vereador Petrolinense, e em menos de 30 minutos, você vai perceber que a conversar numa sobe um degrau, o limiar é o grande alcance, não passa disso.

Vou ser repetitivo e dizer:Se você leitor, parar um pouco, verá que os vereadores de Petrolina, (salvo alguns) são todos iguais. Provincianos, adoram um senhorio, gostam de ser mandados, não tem um assunto que pulse deles, é sempre advindo de outras mentes, que por eles pensam. Se você tratar de um assunto mais profundo, poderá se decepcionar. As respostas são sempre prontas, não existe uma peculiaridade no responder das questões. São ruins de parlatório.

Por Cauby Fernandes

@lingua

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar