NotíciasPolítica

Videos viralizam em Petrolina sobre o asfalto nosso de cada dia… Será que isso realmente presta?

Prefeitura não se manifesta. Faz de conta que não é com ela a conversa

“O povo não deve temer um governo, mas é o governo que deve temer seu povo”. “Ninguém deve temer ninguém”.

Tomo emprestadas essas e as palavras iniciais do filme V de Vingança (que muitos acham ser um filminho de herói mascarado, mas embute muito idealismo), que se inspirou na história de Guy Fawkes, soldado britânico que participou da “Conspiração da pólvora”, que queria matar o rei e tentou explodir o parlamento britânico.

O filme relata a reação do povo contra a opressão e a ditadura do governo, que usa de ações manipuladas para instalar um situação de medo e justificar seu controle. Indico a todos assistirem o filme e o analisarem sobre essa ótica idealista e tentarem enxergar nas ações do nosso governo a mesma opressão.

Falando em reação popular, nesta semana dois vídeos mostraram a insatisfação do petrolinense quanto ao asfalto que o secretário de Infraestrutura, Fred Machado,  que insiste em dizer que é bom, que é ótimo, mas na verdade é farinha, segundo os moradores da Rua 17 do bairro Alto do Cocar. Uma vergonha!

Uma obra para deixar de queixo caído qualquer um que pegue no material usado naquele serviço.Depois essa equipe do governo Novo Tempo, faz vídeos belíssimos dizendo que a coisa é boa. Dinheiro público sendo gasto com material sem qualidade. Verdade seja  dita, que o vídeos viralizaram em Petrolina sobre o asfalto nosso de cada dia… Será que isso realmente presta?

Veja os vídeos, e depois comente.

Pessoal, olha só como funciona o processo de pavimentação das ruas através do Petrolina Cresce. A Rua 17, do Jardim Amazonas, tá seguindo o cronograma certinho e em breve estará concluída. Vocês podem me esperar, porque vou fazer questão de estar ai pra inaugurar junto com vocês essa conquista! Petrolina cresce e a gente fica feliz de ver bem de pertinho. 💙 #petrolinacresce

Posted by Miguel Coelho on Sunday, December 30, 2018

 

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar