Notícias

Prefeito de Petrolina poderá usar 329 milhões sem pedir autorização. Livre/Free

A Lei Orçamentária Anual (LOA) , foi  aprovada pela força da  bancada de situação, na sessão desta terça-feira (5), na Casa Plínio Amorim. Com essa decisão  o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB), movimentará um orçamento de R$ 819,8 milhões para 2018, que ele colocará aonde quiser investir.

Em movimento estratégico, o gestor de Petrolina, deu ordem aos vereadores de situação para se aceitar todas as emendas ao projeto que viesse da parte de oposição.Sendo que apenas uma,  seria rejeitada, justamente a mais polemica. Aquela que tratava do poder dado ao prefeito de mexer no  orçamento , sem necessitar pedir aprovação aos vereadores.

De 20% para 40%

A bancada de oposição lutou como podia lutar, para que o  valor  permanecesse  em 20% do orçamento, como aconteceu durante os oito do Governo Julio Lossio. Mas, foi em tudo vão! E por 17 votos a 5, os governistas aprovaram os 40%  do orçamento para Miguel Coelho mexer como quiser. Não é pouco dinheiro, são  R$ 329 milhões, que um garoto, com menos de 30 anos, vai trabalhar como bem desejar.

PPA

Também por unanimidade da Casa, outro projeto do Executivo, referente ao Plano Plurianual – que norteia investimentos do município pelos próximos quatro anos – também foi aprovado.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fechar