Notícias

Imprensa boa é aquela que tece elogios e bajula vereadores. Acredita a Casa Plínio Amorim

Resultado de imagem para mordaça

 

Como se não bastasse as contradições dos vereadores em cada sessão na Casa Plínio Amorim, especialmente nesta quinta-feira, 25, a coisa ficou ainda mais acentuada. Tudo se deu, a partir do momento em que o Vereador Rodrigo Araujo, fez seu discurso  falando que era calouro, por que o blog @lingua, o criticou por falar pouco e não apresentar projetos relevantes na cidade. Se você leitor, quer entender essa ingrisia  clique aqui  e saiba o  que causou  tanto alvoroço  entre os vereadores.

Não podemos mais escrever? Falar? interpelar? Os vereadores ao que  parece,  tomaram um chá de ditadura, e querem calar a imprensa. Para os vereadores que são leigos, ignaros, inscientes, ínscios,inexperientes, iletrados e desconhecedores da liberdade expressão, podemos ensinar e dizer que a Liberdade de expressão é o direito de qualquer indivíduo manifestar, livremente, opiniões, ideias e pensamentos pessoais sem medo de retaliação ou censura por parte do governo ou de outros membros da sociedade. É um conceito fundamental nas democracias modernas nas quais a censura não tem respaldo moral.

Essa Câmara que aí está, quer a fina força, dizer que manda nas pessoas. NÃO MANDA! É preciso  rever isso. Depois de falar, Rodrigo Araújo, foi ovacionado por uma série de elogios advindos de 15 vereadores que sairam na defesa do mesmo.Parece até que a imprensa é um bicho papão que só está ali pra apontar defeitos. Não. Estamos alí para tecer eleogios quando merecem, quando não, falaremos também.

Por Cauby fernandes

@lingua

 

,

 

 

 

Por Cauby Fernandes

@língua

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar